POR QUE DOCUMENTAL? E POR QUE EM CASA?

Você já parou pra pensar nas memórias mais especiais da sua infância? Ou nas memórias de infância que um dia os seus filhos vão ter?

Eu quase posso apostar as caixas de sapato cheias de fotografias da minha mãe que boa parte dessas lembranças são de histórias reais (e não daquelas histórias que a gente encena num estúdio ou num parque, com roupas coordenadas, cabelos perfeitos, maquiagem e sorrisos pra câmera). A vida real acontece no dia a dia, dentro de casa, em volta dela, no caminho pra escola, com os amigos, nas férias, no final de semana com os primos, no almoço gostoso que a avó faz, e é dessas cenas cotidianas, domésticas, que a gente sente saudade depois que o tempo passa. É com esse tipo de memória que nossa vida é tecida diariamente.

fotos-em-casa

A maioria de nós vive coisas lindas no dia a dia, mas, às vezes, só nos damos conta quando elas deixam de acontecer e sobra só uma memória apagada, uma saudade de algo que não existe mais. Basta pensar na sua vida hoje, na rotina com seus filhos… pense no que vai mudar daqui a 5 ou 10 anos: coisas como eles pedirem colo, ou precisarem de ajuda pra tomar banho, ou pedirem pra você ler o mesmo livro pela centésima vez antes de dormir: isso tudo vai ter uma última vez, mas quase nunca a gente sabe quando essa vez chega. A fotografia documental vai garantir um registro dessas histórias – pra você, pros seus filhos e pra quem vier depois.

 

Minhas sessões de fotografia ou vídeo documental são feitas na sua casa ou em outros lugares significativos para a sua família, e costumam durar de 2,5 a 5 horas – o tempo que for necessário para construirmos, juntos, um conjunto de imagens consistente para a narrativa da sua família, o que depende um pouco do momento de vida que vocês estão vivendo, do tamanho da família e da idade das crianças.

Os pacotes podem incluir um álbum de herança ou apenas os arquivos digitais, e o investimento inicial para uma sessão de fotografia documental é de R$ 1.130.